Vale apena subscrever um PPR? – Truques para Ganhar Dinheiro com PPR

Vale apena subscrever um PPR? - Truques para Ganhar Dinheiro com PPR

 

(VIDEO EXPLICATIVO NO FIM DO ARTIGO)

 

Está é uma das questões que recebo mais no meu canal e hoje vou tentar encontrar alguma claridade.

 

Quando falamos de um plano poupança reforma estamos a pensar em primeiro lugar numa poupança para quando atingirmos uma idade avançada e por isso tentamos escolher o plano poupança reforma que tenha a melhor rentabilidade até ao seu resgate.

 

No entanto penso que esta não é a melhor forma ou a melhor ideia para subscrevermos este tipo de planos devido a várias situações:

 

  1. As leis fiscais alteram de ano para ano o que pode fazer com que percamos alguns benefícios que pensávamos que durariam até ao dia do resgate
  2. Muitos fundos tem comissões de abertura, manutenção e até resgate que literalmente come a rentabilidade do mesmo.
  3. A rentabilidade de muitos fundos mais arriscados estão associados a fundos de ações e podemos querer fazer o resgate do mesmo, no fim de uma crise o que faz com que possamos perder grande parte do valor, a não ser que o fundo tenha um valor minimio de rentabilidade assegurada

 

Então como eu posso utilizar as benesses de um plano poupança reforma sem ter os riscos dos pontos acima descritos e ainda por cima ter uma grande rentabilidade?

 

TRUQUE DA FISCALIDADE

 

Este truque só funciona para quem tem um empréstimo de uma casa e desconta dos seus ordenados um valor de IRS, ou seja pessoas que tenham o ordenado mínimo ou não façam descontos para IRS, não poderão utilizar este truque.

 

Vejamos como se processa:

 

Os PPR são dedutíveis em sede de IRS até um máximo de 20% do valor depositado com valores máximos que varia em função da idade:

 

  • até 35 anos pode deduzir até 400 euros – para investimento máximo de 2000€;
  • entre 35 e 50 anos o limite máximo admitido é 350 euros; – para investimento máximo de 1750€
  • a partir dos 50 anos pode deduzir até 300 euros. - – para investimento máximo de 1500€

 

Como obter o truque?

 

Para usar o truque dos PPR temos que ir às letras pequenas d Decreto lei onde se fala nos resgates

 

Quais os Beneficios Fiscais que poderemos usar aquando o Resgate de um PPR?

 

Em vez do imposto de 28% aplicado a outros produtos de poupança, os PPR beneficiam de uma taxa reduzida nos lucros de:

  • 21,5%, se mantiver o investimento até cinco anos
  • 8% se mantiverem acima dos 5 anos ou se for na altura da reforma

 

A taxa de 8% também se aplica aos reembolsos efetuados nas seguintes situações (previstas na lei):

  • desemprego de longa duração do subcritor ou de qualquer membro do agregado familiar;
  • incapacidade permanente para o trabalho do subscritor ou de qualquer membro do agregado familiar;
  • doença grave do subscritor ou de qualquer membro do agregado familiar;
  • morte.
  • utilização para pagamento do crédito habitação;

 

Reparem neste ultimo ponto “utilização para pagamento do crédito habitação” (não confundir com abatimento do empréstimo pois isso não é reembolsável)

 

Nestes casos, apenas quanto as entregas relativamente às quais já tenham decorrido pelo menos cinco anos após as respetivas datas de aplicação pelo participante. Decorridos estes cinco anos após a primeira entrega, o participante pode exigir o reembolso da totalidade do valor do PPR/E, se o montante das entregas efetuadas na primeira metade da vigência do contrato representar, pelo menos, 35% da totalidade das entregas.

 

Nota Importante:

 

Se decidires resgatar antecipadamente o PPR e utilizá-lo para outros fins que não estão descritos em cima, mas já usufruiste do benefício fiscal, então terá que o devolver.

Resgatar o PPR antes do tempo significa que vai ter de repor o montante dos benefícios fiscais usufruídos, acrescido de 10% por cada ano decorrido. (por isso pensa bem se o PPR é para um investimento de longo prazo ou se é uma optimização do teu IRS)

 

QUE OUTRAS CONSIDERAÇÕES TENHO QUE TER QUANDO SUBSCREVO UM PPR?

 

Bem o primeiro de tudo para bloqueares o dinheiro ganho com este truque é teres ou escolheres um PPR que não tenha comissões altas e que tenha uma garantia de ganho mínima, ou que os custos de subscrição + custos de manutenção + custos de resgate, menos ganho do fundo seja superior ou igual a zero, assim consegues garantir um ganho de 20% nesse valor.

 

Na tua opinião qual o melhor fundo caso pretendesse prolongá-lo até a velhice?

 

Esta é a pergunta do milhão pois a maior parte dos fundos ou são indexados a renda fixa, ou mobiliários ou ações e fundos de renda fixa temos a problemática da inflação e renda de fundos imobiliários e fundos de ações temos a problemática de serem rendas flexíveis (tanto para o bem como para o mau e depende sempre da situação de saúde e quantos anos faltam para atingir a reforma pois em 2009 muitos fundos de ações caíram abaixo de 40% e muitas pessoas que se reformaram nesse ano fatídico perderam grande parte das suas poupanças pelo que temos sempre que ponderar se estamos dentro de um ciclo económico alcista ou se estamos no seu meio ou no seu fim…

 

Mas isso da para escrever muita tinta e no nosso canal vamos falar muito deste tema por isso não te esqueças de subcrever ao nosso canal clicando aqui